O MAL DE ANGOLA NÃO É O PAÍS SÃO OS SEUS DIRIGENTES

   

O MAL DE ANGOLA NÃO É O PAÍS SÃO OS SEUS DIRIGENTES

MESMO ASSIM  SÓ FAZIA PESO E CHEIRO NO MEU BOLSO

TER A NACIONALIDADE ANGOLANA POR ISSO RENUNCIEI


Era só para dizer que nunca me arrependi um só segundo sequer , porque quando você antes de tomar uma decisão  pensa bem e analisa as vantagens e desvantagens nunca se arrepende .


Se  fosse possuidor da nacionalidade angolana , então não seria uma grande tortura para mim mesmo , ter que considerar um João Lourenço desses como meu presidente ?


E  alguns narcotraficantes que vocês quer queiram ou não , estão obrigados e até forçadas a considerar de vossos governantes ?


Tem vantagens sim , deixar de ser angolano oficialmente se o país já nem te diz nada , tirando as saudades grande parte até nem por isso boas e se os  bons momentos lá vivenciados forem apenas uma gota .


Pior  se você já riscou o país dos teus planos nada melhor do que renunciar   há 36 anos quando fiz foi fácil e ate hoje basta que você opte por três para perder automaticamente a angolana.


Aliás, cada um  tem o seu direito de fazer as suas escolhas e o que fazer com sua vida , assim como qual caminho quiser seguir desde que não prejudique ninguém .


Já sou como diz o outro , se há mesmo reencarnação , não gostaria de reencarnar como angolano . 


Quantas vezes nossa madrasta não nos trata melhor que nossa mãe e nos dá o que a nossa mãe nos rejeita ? 


Digam o que quiserem e bem entenderem

Eu mesmo também sei   e tenho plena consciência de  que o problema não é o país em si , mas sim , os criminosos que o governa.


São tantas  feridas abertas que jamais se cicatrizarão me doia muito o peso de carregar a nacionalidade angolana nos bolsos para além do cheiro.


A vida é feita de escolhas e rejeições  por isso ,quem pode e ainda consegue escolher , que escolhe o melhor caminho para si , este é o meu conselho 




Fernando Vumby

  • Notícias relacionadas

    ANGOLA:MCA entrega projeto de 37 milhões de euros para levar energia limpa a mais de 55 mil pessoas

    MCA entrega projeto de 37 milhões de euros para levar energia limpa a mais de 55 mil pessoasCom uma potência instalada de 25,3 MWp, foram montados cerca de 44 mil…

    Governo e sindicatos chegam a acordo e salário mínimo duplica

    O Executivo e os sindicatos chegaram, esta terça-feira, a acordo sobre o salário mínimo nacional e as actualizações salariais da função pública, na sequência de algumas reivindicações do Caderno Reivindicativo.…

    Deixe um comentário

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

    Você perdeu

    ANGOLA:MCA entrega projeto de 37 milhões de euros para levar energia limpa a mais de 55 mil pessoas

    • Maio 29, 2024
    • 49 views
    ANGOLA:MCA entrega projeto de 37 milhões de euros para levar energia limpa a mais de 55 mil pessoas

    EUGÉNIO LABORINHO IGNORA DESCONTENTAMENTO DOS POLICIAIS DA GUARDA DE FRONTEIRA DE ANGOLA

    • Maio 29, 2024
    • 14 views

    Negócio “mal explicado” de 600 autocarros por 323,5 milhões de euros do grupo Opaia Europa e IDC International Trading repercute na imprensa internacional

    • Maio 29, 2024
    • 56 views
    Negócio “mal explicado” de 600 autocarros por 323,5 milhões de euros do grupo Opaia Europa e IDC International Trading repercute na imprensa internacional

    ANGOLA:Indícios de escândalo financeiro abalam Administração Geral Tributária

    • Maio 29, 2024
    • 134 views
    ANGOLA:Indícios de escândalo financeiro abalam Administração Geral Tributária

    Governo e sindicatos chegam a acordo e salário mínimo duplica

    • Maio 29, 2024
    • 20 views
    Governo e sindicatos chegam a acordo e salário mínimo duplica

    Secretário de Estado para os Antigos Combatentes impede a imprensa gravar respostas às reclamações dos pensionistas

    • Maio 22, 2024
    • 27 views
    Secretário de Estado para os Antigos Combatentes impede a imprensa gravar respostas às reclamações dos pensionistas