Armindo Laureano fugiu para não prestar contas à nova administração do novo jornalArmindo Laureano fugiu para não prestar contas à nova administração do novo jornal
8537a0bdde98e4cdf7585736a3f21414-1024x128 Armindo Laureano fugiu para não prestar contas à nova administração do novo jornal
WhatsApp-Image-2024-01-07-at-5.21.45-PM-1024x774 Armindo Laureano fugiu para não prestar contas à nova administração do novo jornal
O NOVO JORNAL é um semanário generalista, com foco nos temas que marcam o mundo da Politica, Sociedade, Economia, Cultura e Desporto em Angola e no Mundo

Prestar contas é obrigação constitucional de toda e qualquer pessoa física ou jurídica, pública ou privada, que utilize, arrecade, guarde, gerencie ou administre dinheiros, bens e valores públicos,Armindo Laureano segundo fonte do Confidencial News,o mesmo encontra-se na India em Nova Delli saiu as pressas de Luanda depois deste ter apercebido que iria prestar contas com o novo corpo administrativo nomeados pelo Doutor Alvaro Sobrinho.

Destaque-se ainda que o ingresso de ação civil pública buscando a responsabilização do gestor por ato de improbidade não obsta que lhe sejam aplicadas outras sanções de natureza penal, civil e administrativo

Armindo Laureno enquanto exercia o cargo de director do Novo Jornal,fazia realizava varias festas em sua casa,hoteis luxuosos ,compras em lojas de renome nas capitais europeias,mulheres e bebidas foi a vida que este sempre teve,segundo a fonte esse comportamento foi que dispertou o Doutor Alvaro Sobrinho para recuperar o Jornal que esta a beira da falencia financeira por causa do desfalque do ex-director Laurindo.

Ademais, a jurisprudência é no sentido de que o crime acima transcrito se caracteriza como crime formal, consumando-se com o simples atraso na prestação de contas, independentemente da ocorrência de qualquer outro resultado, sendo o simples atraso suficiente para ensejar a responsabilização penal.

 buscando a responsabilização do gestor por ato de improbidade não obsta que lhe sejam aplicadas outras sanções de natureza penal, civil e administrativa,tem vindo a usar o novo do Novo Jornal num portal de noticias online.

Recordando em consequência disto, destituido o Sr.Armindo Laureano, do cargo de Director, sendo que doravante não poderá praticar actos relativos ao Novo Jomal, sob pena de incorrer em desobediência e impedir que se produzam os efeitos úteis da Sentença do Tribunal.

Assim sendo, o Sr. André Freire Arroja dos Reis, nos termos dos artigos n.° 414° e 415° da Lei das Sociedades Comercials, com plenos poderes conforme documentos em nossa posse.

Até ao momento não foi nomeado novo Director, pelo que as funções incumbidas a Este serão exercidas temporariamente pelo mesmo Sr. André Freire Arroja dos Reis

362eaffc-3120-47fc-a95a-87b6290f4148-753x1024 Armindo Laureano fugiu para não prestar contas à nova administração do novo jornal
WhatsApp-Image-2024-01-06-at-10.42.11-PM Armindo Laureano fugiu para não prestar contas à nova administração do novo jornal
58cd8826-aa9e-44bf-8c3a-dc76e508e9c1-1024x768 Armindo Laureano fugiu para não prestar contas à nova administração do novo jornal
e67db2c6-50a2-4ea9-8575-e657ac4b4369-1024x575 Armindo Laureano fugiu para não prestar contas à nova administração do novo jornal
6908ffba-70b8-4561-9952-d0dbdb7dfb9d-1024x768 Armindo Laureano fugiu para não prestar contas à nova administração do novo jornal
1aecb738-e9b4-41f1-a14c-03c9a772e548-1024x768 Armindo Laureano fugiu para não prestar contas à nova administração do novo jornal

Por:Miguel Gomes

Notícias relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

LinkedIn
Share
WhatsApp