Governo brasileiro pode pedir ajuda a Portugal e a países africanos para investigar a Igreja Universal de Edir Macedo e seus membros próximos :Marcos Tristão/REUTERSGoverno brasileiro pode pedir ajuda a Portugal e a países africanos para investigar a Igreja Universal de Edir Macedo e seus membros próximos :Marcos Tristão/REUTERS

O bispo Edir Macedo é suspeito de usar a IURD para cometer fraudes 

IURD e bispo Edir Macedo são suspeitos de associação criminosa e lavagem de dinheiro,

O Ministério Público (MP) de São Paulo acusou o bispo Edir Macedo e outras nove pessoas ligadas à IURD por formação de associação criminosa e lavagem de dinheiro.

“Está a ser estudada a possibilidade de um pedido formal de cooperação internacional para buscar novos elementos que possam contribuir na investigação”, salientou o Ministério Público. Fonte do órgão avançou à Lusa que as investigações podem estender-se a todos os países “onde houver templos da Igreja Universal e indícios de emissão de recursos”.

Isto aplica-se a Portugal, admitiu, e a África, onde a IURD está presente em praticamente todos os países. Só em Angola há 400 templos, segundo informações da própria IURD neste momento em apuro com as autoridades angolana,Edir Macedo tem vindo a fazer uma camapnha de subornar membros daquele governo das pastas da cultura Filipe Nzau e Marcy Lopes justiça e direitos humanos, para que autorizem a liderança da igreja a passar para o grupo de Edir Macedo representado por Alberto Segunda, após a revolta dos fiéis angolanos contra a liderança de Edir Macedo.

Mais de 300 bispos e pastores – de um total de 455 – tomaram o controle de 85% dos 339 templos e locais de culto da igreja em Angola. Brasileiros em postos de comando foram afastados

É na África do Sul, no Soweto, que está o maior templo desta igreja no continente africano, com capacidade para oito mil pessoas sentadas – um investimento de 20 milhões de dólares (14 milhões de euros).

Actualmente, a IURD está presente em mais de 172 países e, só no Brasil, conta com cerca de 6500 templos.

As investigações do Ministério Público do estado de São Paulo, iniciadas em 2017, apontam que a movimentação suspeita da Igreja Universal chega a 4000 milhões de reais (1533 milhões de euros), de 2015 a 2023.

Dados do Conselho de Controlo de Actividades Financeiras (Coaf), vinculado ao Ministério brasileiro da Fazenda, revelam também que, somando transferências atípicas e depósitos bancários feitos por pessoas ligadas à Igreja, o volume financeiro da IURD, de Março de 2017 a Março de 2023, foi de 8000 milhões de reais (três mil milhões de euros).

Segundo os promotores que assinam a acusação, há um esquema envolvendo empresas de fachada, que remete para o estrangeiro o dinheiro de doações de fiéis.Depositado em paraísos fiscais, o dinheiro voltaria ao Brasil em forma de contratos utilizados para a aquisição de empresas.

Somente em dízimos, a IURD arrecada no Brasil cerca de 1400 milhões de reais (540 milhões de euros) por ano.

A acusação do MP afirma que “Edir Macedo e os demais acusados servem-se há cerca de dez anos da Igreja Universal do Reino de Deus para a prática de fraudes em detrimento da própria Igreja e de inúmeros fiéis”.Mas isso não é o conceito, não é a essência do cristianismo. Não é isso o que a Bíblia apregoa’

A Igreja Universal foi questionada sobre as acusações. Até o momento, não enviou resposta.

Notícias relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

LinkedIn
Share
WhatsApp