MANIFESTO CÍVICO CAMPANHA CONTRA O “NATAL DA FOME” E PELA LIBERDADE DOS PRESOS POLÍTICOS EM ANGOLAMANIFESTO CÍVICO CAMPANHA CONTRA O “NATAL DA FOME” E PELA LIBERDADE DOS PRESOS POLÍTICOS EM ANGOLA

O contexto sócio-económico e político do país relegou as famílias angolanas à extrema pobreza,
desemprego e fome generalizada, a que se acresce as constantes violações dos direitos humanos
por parte do Governo do MPLA liderado pelo Presidente João Lourenço, situações que têm gerado
o escalar da indignação e revolta social.
A governação, na sua acepção clássica e moderna, consiste em proporcionar o bem-estar social às
populações. Porém, devido à insensibilidade, incompetência governativa e corrupção estrutural, o
país está transformado numa autêntica fábrica de miséria, multiplicando-se o número de mendigos e
decidadãos lúcidos que se alimentam de sobejos de comida recolhidos em contentores de lixo.
O retrocesso social, sem precedentes na nossa história recente, tem sido o grande catalisador da
emigração desenfreada dos nossos compatriotas, a maior parte jovens com habilidades e
qualificações fundamentais para o desenvolvimento do país. Entretanto, o governo mostra-se
indiferente ao descalabro social e, ao mesmo tempo, é incapaz de elaborar e implementar políticas
públicas adequadas para reverter a situação.
Por outro lado, assiste-se, com bastante preocupação, ao recrudescer da intolerância política e a
sedimentação do autoritarismo, bem como a asfixia das liberdades e garantias fundamentais. É
ponto assente que o presidente João Lourenço manietou e sequestrou as instituições do Estado (SIC,
SINSE e os órgãos de justiça), servindo-se delas para urdir e implementar a sua estratégia de Lawfare,
perseguindo, intimidando e silenciando as vozes críticas ao regime ou adversários políticos,
lembrando que por “ delito de opinião”, entre outros, encontram-se presos em condições
desumanas e a cumprirem molduras penais encomendadas pelo sistema, os cidadãos Adolfo
Campos, Gildo das Rodas, Neth Nahara e Tanaice Neutro…
Mais uma quadra festiva em que os angolanos não terão motivos para celebrar, pois a governação
desastrosa empobreceu o cidadão, sendo já a pior quadra das últimas duas décadas. Sem comida, o
Natal que por questões culturais e/ou religiosas une as famílias à mesa, será um mero encontro para
lamentações e de narrativas nostálgicas como: O Natal no tempo da outra senhora nunca nos faltou
isso e aquilo…
O momento exige argúcia e estratégias eficazes de manifestação de descontentamento face à
desgovernação que gera fome, miséria e desemprego, e, às prisões arbitrárias. Assim, surge a
campanha de bater panelas vazias no 25 de Dezembro como amplo movimento cívico nacional, a
qual são chamados todos os angolanos (no país e no exterior) a se juntarem ao coro uníssono de
consternação ante a dor e sofrimento, lembrando que união é arma mais poderosa para derrubar
ditaduras.
Por meio deste manifesto são igualmente instadas as entidades abaixo, desde organizações da
sociedade civil, partidos políticos, entidades eclesiásticas, activistas cívicos e outros:
SOCIEDADE CIVIL:
1 – Dr William Tonet
2- Dra Alexandra Simião
3-Laura Macedo
4-Amélia Aguiar
5- General Paka
6-Gisela Silva
7-Rosa Conde
8- Rosa Mendes
9- Kimpa Vita Gouveia
10-Yared Bumba
11- Dra Priscila Simão
12-Sara Ngueve
13-Lady Laura
14- Guerra Moniz
15-Cristina Pinto

16-Dra Paula Cristina Roque
17- Denda Kristen
18-Alice Ita
19- Jussanda Ju
20-Tânia de Carvalho
21- Ana Carina
22- Tânia Burity
23- Manuela da Cruz
24 – Cássia Clemente
25 – Teresa Luther King
26- Tchizé dos Santos
27- Esperança Veigas
28-Teresa Moreira
29- Florença Capita
30- Finúria Silvano
31 – Márcia Kiesse

32- Nélia Estevão
33 – Márcia Kimbundo
34 – cota Verinha
35- Cris Francis
36 – Mariana Kama
37 – Isidro Fortunato
38 – Mybro Viegas
39-Osvaldo Kaholo
40 – Dito Dali
41 – Jerónimo Nsisa
42- Gangsta 77
43 – Anastácio da Cruz
44 – Timóteo Miranda
45- Hitler Samussuku
46 -Muenho da Costa
47 – Angolano Zua

48 – Mbanza Hanza
49- Mbonzo Lima
50 – Marley ( Brasil)
51- J Privado
52 – Henrique Stress
53- Master Ngola Nvunji
54- Daniel Vemba
55 – Antónia Varela
56- Antónia Brigada
57 – Silvia Milonga
58- Dra Conceição Vaz
60- Txitxi Kia Nentady
61 – Savimbi do Soyo
62 – Paulo Vela
63 – Nfumu Buala

64 – Dr Sérgio Raimundo
65 – Dr Carlos Rosado
66 – Dr David Boio
67 – Dr Fernando Macedo
68 – Dr Albino Paquissi
69 – Cláudio Carvalho
70 – Cláudio Dias dos Santos
71 – Graça Campos
72 – Rafael Marques
73 – Jaime MC

74 – Alfa Kuabo
75 – Angolano Nervoso
76 – Flávio Marques
78 – Fernando Vumby
79 – Idris Quilolo
80 – Carlota Paulo Jorge
81- Luvumbo Lussevikueno
82 – Antônio Castelo
83 – Dr Abdul Ferraz
84 – Herlander Napoleão
85 – Agente 47
86- Dr . Carlos Mponda
87- Wilker Cláudio
88- Osvaldo Cassundula
89- Oliveira

90- Xitu Milongo
91- UCM
92- Diyork
93- Pick Ngudiakage
94 – Luís Castro
95- Jiel Freitas
96 – Dr Benja Satula
97 – Nelson Mukazi
98 – Mariama Djaló
99 – Família Man Genas
100 – Suzana Baptista
101 – Ariel Bango
102 – Kim de Andrade
103 – Ismênio Samuel
104 – Manu Bantu

105 – cota Kavula
106 – Beto da Indonesia
107 – Oliveira Domingos
107 – Canigia Jackson
108 – Adilson Manuel
109 – Amoroso crítico
110 – Gênio das Ruas
111 – Último Lider
112- Simão Cativa
113 – Isabel Guedes
114 – Momo Samuel
115 – Augusto Goma

116 – Diamundele Nkaka
117 – Carmo Pensador
118 -katro Unjila
119-Mandrix Dix
120- Luís Edson
121- Mukanda Dya Nzambi
122-Gika Tentembwa
123-Cláudio IN
124 -Matias Pereira
125-Moises da Cruz
136-Moises Silva (Tigre)
137 -Helena de Melo
138- Suzana Baptista
139 – Zé Neves Rocha
140 -Kissama

141- Muenho da Costa
142- Simão Modelo Preto Fino
143 – Renata Torres
144 – Francisco Silepo
145- Pedrito do Bié
146 – Ndinga de Deus
147 -Wilson Revú
148 -Matulunga
149 – Baby Caxito
150 – Herlander Napoleão
151 – Joaquim Antônio Ernesto
152- Tiago Costa
153- Cesaltina Cutaia

154 – Frei Hangalo
155 – Helder Chiuto
156- Firmino WT
157 – Edgar Capapelo
158- Joana Freitas
159 – Young Clack
160- Turiangue
161 – Daniel Samosa
162 – Cota Samuel
163- Paulo Silva
164 – OGui
165- Nelson Silva
166-Nuno Nogueira
167- Eugênia Fernandes

168- Soba Fuluta
169- Nardo
170 – Papsi King
171 – Zola Mandela
172- Kim de Andrade
173- Urbano Gaspar
174- Mos Califa
175- Pedro Regina
176- Anacleto Bueza
177- Maria Bicuma
178- Poeta Kanaka
179-Vander Mc
180-Raúl Dinis

d3ee404c-9b69-43d2-8153-c8d72534bdd5-1024x1024 MANIFESTO CÍVICO  CAMPANHA CONTRA O “NATAL DA FOME” E PELA LIBERDADE DOS PRESOS POLÍTICOS EM ANGOLA

ARTISTAS E/OU MÚSICOS
1- Bonga
2- Fly Squard
3- Yanick Afroman
4- Puto Prata
5- Fly Skuard
6- Gilmário Vemba
7- Mister K
8- BC
9- Naice Zulo
10- Kid MC
11- EVA Rap Diva
12- Vanda Mãe Grande
13- Sari Sari
14-Cool Clever
15 – Extremo Signo

16 – Redy Neutro
17- Paulo Flores
18- Yuri da Cunha
19- Prodígio
20- NGA
21- Bebo Clone
22 – Rei Panda
23- Eduardo Paim
24- Talibam
25- Dog Murras
26-Ruca Angola
27-Preto Show
28 – Fredy Costa
29- Gilmario Vemba
30- Cólua Tremura
31- Nanter

32- Artur Pop
33- Imperador
34- Sargento Apito
35- Pai Banana
36- Pedrito do Bié

JORNALISTAS
1- Graça Campos
2- José Gama
3- Ramiro Aleixo
4- Cláudio IN
5- Victor Hugo Mendes
6 – William Tonet
7 – Ilidio Manuel
8- Coque Mukuta
9- Guilherme da Paixão
10- Miguel Neto
11- Sérgio Piçarra
12- Jorge Eurico
13 – Evaristo Mulasa
14- Francisco Rasgado
15 – Mariano de Almeida
16 – Carlos Rosado
17- Manuel JOJÓ
18- Alves Fernandes

ORGANIZAÇÃO DA SOCIEDADE CIVIL:
1 – Sociedade Civil Contestatária (SCC)
2 – Projecto Mudei
3- OMUNGA
4 -PLACA
5 – PIKK
6- Movimento Agir
7 – MUDAR VIANA
8 – MEA
9- Movimento revolucionário de Benguela
10- Jango Cultural
11- Friends of Angola
12-Vozes de Angola
13 – Botas no terreno
14 -Terceira Divisão
15 – FLEC
16- Movimento protetorado Lunda Tchokwé
17- Mpalabanda
18-MRA
PARTIDOS POLÍTICOS:
1 – FNLA
2 – Partido Humanista
3 – UNITA
4 – CASA- CE
5 – PRS
6 – APN
7- Projecto PRA-JA Servir Angola
8 – BD

IMPRENSA E BLOGS

1 – TV 8
2 – TV Rainha
3 – TV Mayombe
4- Kassumuna TV
5 – Club K
6 – Xé-agora aguenta
7 – Rádio essencial
8- Rádio despertar
9 – TV Raiar
10- TV Zinga
11 – Bem Haja
12 – Dibatadié TV
13 – Camunda News
14 – Mwangole TV
15 – Angola acorda
16 – Angola Depressão
17 – No musseque cuia
18 – Falas atoa
19 – Henrique stress
20 – Ango Portal
21 – NSISA REFLEXÕES
22 – Kalandula TV
23 – EMS TV
24 – Fly Podcast
25 – Artigo 40
26 – GOZA TV
27 – Defesa africana
28 – Bento Xyetu
29 – Lil Pasta
30 – MaKa Mavulo
31 – Folha 8
31 – Jornal angolense
32 – Sem filtro
33 – Outra Teoria
34 – Hold On Angola

image-23-1024x1024 MANIFESTO CÍVICO  CAMPANHA CONTRA O “NATAL DA FOME” E PELA LIBERDADE DOS PRESOS POLÍTICOS EM ANGOLA
image-24-1024x1024 MANIFESTO CÍVICO  CAMPANHA CONTRA O “NATAL DA FOME” E PELA LIBERDADE DOS PRESOS POLÍTICOS EM ANGOLA
image-25-1024x1024 MANIFESTO CÍVICO  CAMPANHA CONTRA O “NATAL DA FOME” E PELA LIBERDADE DOS PRESOS POLÍTICOS EM ANGOLA
image-26-1024x1024 MANIFESTO CÍVICO  CAMPANHA CONTRA O “NATAL DA FOME” E PELA LIBERDADE DOS PRESOS POLÍTICOS EM ANGOLA
image-27-1024x1024 MANIFESTO CÍVICO  CAMPANHA CONTRA O “NATAL DA FOME” E PELA LIBERDADE DOS PRESOS POLÍTICOS EM ANGOLA
image-28-1024x1024 MANIFESTO CÍVICO  CAMPANHA CONTRA O “NATAL DA FOME” E PELA LIBERDADE DOS PRESOS POLÍTICOS EM ANGOLA
image-29-1024x1024 MANIFESTO CÍVICO  CAMPANHA CONTRA O “NATAL DA FOME” E PELA LIBERDADE DOS PRESOS POLÍTICOS EM ANGOLA
image-30-1024x1024 MANIFESTO CÍVICO  CAMPANHA CONTRA O “NATAL DA FOME” E PELA LIBERDADE DOS PRESOS POLÍTICOS EM ANGOLA
image-31-1024x1024 MANIFESTO CÍVICO  CAMPANHA CONTRA O “NATAL DA FOME” E PELA LIBERDADE DOS PRESOS POLÍTICOS EM ANGOLA
image-32-1024x1024 MANIFESTO CÍVICO  CAMPANHA CONTRA O “NATAL DA FOME” E PELA LIBERDADE DOS PRESOS POLÍTICOS EM ANGOLA
image-33-1024x1024 MANIFESTO CÍVICO  CAMPANHA CONTRA O “NATAL DA FOME” E PELA LIBERDADE DOS PRESOS POLÍTICOS EM ANGOLA
image-34-1024x1024 MANIFESTO CÍVICO  CAMPANHA CONTRA O “NATAL DA FOME” E PELA LIBERDADE DOS PRESOS POLÍTICOS EM ANGOLA
image-35-1024x1024 MANIFESTO CÍVICO  CAMPANHA CONTRA O “NATAL DA FOME” E PELA LIBERDADE DOS PRESOS POLÍTICOS EM ANGOLA
image-36-1024x1024 MANIFESTO CÍVICO  CAMPANHA CONTRA O “NATAL DA FOME” E PELA LIBERDADE DOS PRESOS POLÍTICOS EM ANGOLA
image-37-1024x1024 MANIFESTO CÍVICO  CAMPANHA CONTRA O “NATAL DA FOME” E PELA LIBERDADE DOS PRESOS POLÍTICOS EM ANGOLA
image-38-1024x1024 MANIFESTO CÍVICO  CAMPANHA CONTRA O “NATAL DA FOME” E PELA LIBERDADE DOS PRESOS POLÍTICOS EM ANGOLA

Fonte:Anônima

Notícias relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

LinkedIn
Share
WhatsApp